Diario de viagem: New York, New York – parte 2

Central Park

Impossível ir a NYC e deixar de visitar o Central Park. Se quiser conhecer bem o parque, pode preparar as pernas e a energia, porque é muito grande! Com neve, o passeio é lindo! Como não fui num dia MUITO frio, foi bastante agradável. Parada obrigatória no Strawberry Fields para assistir aos artistas locais e fazer um lanche. Comprei um sanduíche de pastrami na famosa Carnegie Delicatessen & Restaurant e parti para delicia-lo (#sqn) no Central Park. Odiei o sanduiche, mas adorei sentar nos banquinhos e me sentir um pouco nova iorquina (será?).

Sanduiche (eca!) de pastrami

Sanduiche (eca!) de pastrami

Vista no Top of the Rock

Vista no Top of the Rock

The Rockfeller Center

Havia duas opções famosas para ter uma vista aérea da cidade: o Empire State e o Rockefeller Center. Como a vista que inclui o próprio Empire State me pareceu bem melhor, escolhi subir no Top of the Rock e valeu muito a pena. Apesar de bem cheio, o observatório tem 3 andares. Se for só pela vista, imagino ser mais tranquilo, mas como quis ir pra pegar o por do sol, acabei pegando o lugar muito cheio. No prédio também há uma pista de patinação no gelo durante o inverno, mas, baiana que sou, não tive muita energia pra patinar no frio (além de ser carinho pra meu estilo de viagem). O frio lá em cima, aliás, é bem forte, é bom ir preparado.

MET

Metropolitan Museum os Art – MET

Museus de NYC

Eu adoro e visitei alguns museus em NYC. Na verdade, uma das partes mais legais da viagem foi esta e eu me dei o privilégio de apreciar as obras sem ficar na noia de tirar fotos de tudo, porque, afinal, qual a necessidade, não é mesmo?

Metropolitan Museum os Art (MET) – fica ao lado do Central Park, possui uma enorme coleção de obras e relíquias. Confesso que acabei correndo um pouco, pois o museu é ENORME! Como é o mais famoso (acho), acaba sendo bem cheio. A visita é obrigatória pra quem vai visitar NYC. O bom é que o valor da entrada é o visitante que escolhe (o valor recomendado é US$25.00), então não tem desculpa pra deixar de visitar. Claro que é importante dar um valor digno, mas grana curta deixa de ser desculpa;

The Cloisters Museum and Gardens – nunca tinha ouvido falar deste museu, mas ao comprar o ingresso do MET ganhei o ingresso de lá e pensei, por que não? Este museu é longe, fica no Bronx, o que foi até legal para que eu conhecesse outras vizinhanças… Chegando lá, de cara tem um jardim lindíssimo, o Fort Tryon Park, com uma vista linda também da George Washington Bridge. O museu mesmo é um castelo medieval com uma coleção de objetos e obras de arte deste período;

Museum of Modern Art (MoMA) – este foi o museu que mais gostei, ainda mais que fui no dia grátis! Ele não grande como o MET, mas tem coleções lindas de arte moderna, fotografias, projetos arquitetônicos e, na minha opinião a melhor parte, obras de Van Gogh (sim, amo Van Gogh). Vale MUITO a visita. Se for visitar somente um museu, recomendo este!

Solomon R. Guggenheim Museum – bem pertinho do Central Park o próprio prédio deste museu é uma obra de arte. Arquitetura bem moderna, com formas diferentes… A visita flui pelas galerias de forma natural, o prédio te conduz pelas obras naturalmente, seguindo uma sequencia lógica pelos espaços e pelas obras. Ao final, foi a lojinha com lembranças mais interessantes. não podia fotografar no interior, então foi até bom… O ingresso inclui um guia de áudio.

Brooklyn Winery

Brooklyn Winery

Onde comer

Como viajei há quase 1 ano, fica difícil de fazer esta parte, mas alguns lugares que fui foram muito bons:

Rooftop Garden Bar – a noite estava muito fria, mas o terraço deste bar tem banquinhos, roupões e luzes quentinhas para aquecer os visitantes. Vale muito!

Korean BBQ – restaurante coreano, minha amiga chinesa que me apresentou, a comida é muito gostosa, mas se não gosta de pimenta, cuide pra pedir os pratos sem pimenta, pois os apimentados são bem fortes! Neste restaurante faz-se churrasco na mesa, é bem legal.

Brooklyn Winery – a casa é de vinhos, mas os petiscos são deliciosos. Recomendo uma tábua de queijos que era dos deuses (a da foto).

New York Cheesecake

New York Cheesecake

Algum diner – fui no Kellogg`s Diner e recomendo, se puder, ir num domingo, para poder desfrutar do brunch, que inclui um drink, uma entrada e um prato principal de café da manhã bem reforçado (minha escolha foi frutas+mimosa+ovos beneditinos – adorooo). De sobremesa, tinha que comer o famoso, e delicioso, cheesecake de Nova Iorque!

Carnegie Delicatessen & Restaurant – apesar de eu não ter curtido muito o carro chefe da casa, o sanduíche de pastrami, acho válido experimentar…

Uma última dica:

Se estiver indo a NYC, visite o nycgo.com, um site mantido pela prefeitura de NYC, que, além de informações sobre a cidade, dá várias dicas de turismo, promoções, broadway week e restaurant week. Era lá que via quais os dias grátis dos museus!

Grande beijo!

mari2

Anúncios

Deixe sua dica ou opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s