Paris… Ah! Paris… (parte 02)

Eta, mais de 2 meses pra fazer a segunda parte do post… Shame on me! Notaram que andei sumida, né?! Vou tentar explicar rapidamente, mas isto é mais um pedido de desculpas: em abril (mais ou menos quando sumi), comecei a estagiar na área que estou estudando e o blog, que é um hobby delicioso, acabou meio às moscas, mas não só por isso… Foi uma fase de adaptação à nova rotina, adaptação da nova rotina aos planos que já estavam feitos desde antes, enfim, um “rearranjo” das coisas. Elas ainda não estão totalmente reorganizadas, mas tenho certeza que está mais perto do que longe de voltar tudo aos eixos. Aguardem…

Bom, mas eu tinha que terminar o post, certo?! Bom, vamos a Paris… ah, Paris…

13_06_25_Paris_01Gente, eu AMO a Disney. Também não resisti em ir à Eurodisney, só me arrependi de não reservar dois dias pra isso… Rsss A Eurodisney é pequenininha, são dois parques mas, em se tratando de Disney, pequenininha nunca é tão pouco assim. Inteligentemente, compramos só um dia, porque não acho que seria legal fazer os dois parques num dia só…

13_06_25_Paris_02Pra quem gosta de parques, eu acho essencial reservar um dia, pelo menos, pra conhecer…

13_06_25_Paris_08O Arco do Triunfo da Estrela é o mais famoso, fica no final da Champs-Élysées, mas, na verdade, ele é o centro onde terminam/começam 8 grandes ruas… A gente chega lá pelo subsolo, é bem grandioso, legal pra observar a cidade e tirar fotos. Dá pra subir pra ver lá de cima, mas não o encontramos aberto. Também lá encontramos o Túmulo do Soldado Desconhecido, uma homenagem aos soldados mortos na I Guerra Mundial…

13_06_25_Paris_09O Moulin Rouge. Indispensável. Não pelo show, que é bem grotesto, até meio ridículo, mas pela beleza e ambientação da casa. Até mesmo pelo estilo do show, nos sentimos voltando no tempo, para os grandes cabarés. É inexplicável: meio bobinho e muito legal ao mesmo tempo… Se você espera um grande show, digno do famoso musical, não vá, porque vai se decepcionar, até porque é beeem caro. Se for jantar, então, é uma fortuna!

13_06_25_Paris_03

 

Deixei o melhor por último: o Palácio de Versailles. Com certeza, um dos lugares mais bonitos que já vi na vida. Gente, é um local realmente imponente…

13_06_25_Paris_04

13_06_25_Paris_0513_06_25_Paris_0713_06_25_Paris_06Como todos os lugares em Paris, leva-se muito mais que um dia pra conhecer. Na verdade, Versailles é uma cidade vizinha a Paris, dá pra ir tranquilamente de trem (embora seja mais confuso que o metrô)… É legal chegar cedo. Quando chegar, não vá direto ao palácio, pare numa das lojinhas de turismo em frente à estação de trem e compre sua entrada lá. Vai sair um pouco mais caro, mas o guia vai te deixar lá dentro por uma entrada com menos fila, vale a pena só pelas horas de fila que você vai poupar…
Ao chegar, minha sugestão é dar uma volta pelo palácio, você vai gastar umas 3 horas nisso, são muitos ambientes, muitos detalhes, muito preciosismo… Faça isso primeiro, porque uma vez no jardim, você não vai querer voltar. Depois vá aos jardins. Sem pressa, caminhe por todos os jardins, veja o quão majestosos e diferentes eles são. Depois, vale um passeio pelos bosques. Cada um esconde uma surpresa… Passeie pelos bosques de um lado (são enormes), pare no gramado já fora do palácio (a grama mais macia do mundo!), descanse, tome um sorvete, curta o momento… Depois volte conhecendo os bosques do outro lado. Neste dia você vai andar muito, por isso se prepare. Só te garanto que vale MUITO a pena!

Pra quem pediu dicas mais práticas, vamos lá:

HOTEL – eu fiquei hospedada do Fertel Entoile, pertinho do Arco do Triunfo da Estrela a 200m do metrô, muito bem localizado, é um hotel pequenininho, antigo, mas todo mundo é muito cortês e o serviço é excelente.

COMPRAS – como sabem, a moeda da França é o Euro, portanto não tem o câmbio muito favorável… Não achei um bom lugar pra compras, mas pra quem procura as grandes marcas, vale uma passada nas Galeries Lafayette e uma volta no Champs-Élysées.

COMIDA – passamos muito bem à base dos deliciosos sanduiches franceses. Os recheios são os mais variados e passam longe do estilo fast food. O jantar na Torre Eiffel é um sonho, delicioso, com serviço excelente, mas os mercados também oferecem produtos de qualidade a preços baixos, vale a pena fazer um piquenique…

TRANSPORTE – nem cogite outro tipo de transporte. Metrô e trem nos servem muito bem. O custo é baixo, só pesquise sua estação antes de chegar, informação no aeroporto não é a coisa mais fácil do mundo…

E aí, animaram? Eu queria voltar muitas vezes, não tem como não se apaixonar…

Beijão!

mari2

Anúncios

2 comentários sobre “Paris… Ah! Paris… (parte 02)

Deixe sua dica ou opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s