Cinco coisas pra lembrar antes de sair de casa

Bom dia, meninas!

Quem convive comigo pode confirmar, eu sou uma pessoa meio displicente, sou capaz de entrar em um ambiente e não saber qual a saída, caso tenha duas portas de acesso. No entanto, depois que me assumi como consultora de imagem, tenho me esforçado para não perder os detalhes das coisas, principalmente, no quesito roupas do cotidiano.

Tenho observado as pessoas nas ruas e me deparei com alguns maus hábitos que cometemos sempre com a desculpa de conforto, pressa ou falta de tempo. Eu os classifico como preguiça ou desleixo mesmo.

Eu sei que não é fácil sair de casa às 6h da manhã e voltar por volta das 23h ou meia noite. Já passei por isso e sei que essa é a jornada da maioria das pessoas que trabalham e estudam. E é muito provável que ainda tenham aulas ao sábado ou encarem o estudo de uma 2ª língua.

Por isso quero chamar a atenção para pontos que temos quer prestar atenção, pra evitar criar uma imagem negativa de si mesmo:

1. Combo Legging+Tênis

Primeiro, quero deixar bem claro que o “combo”  legging+tênis é roupa para prática de atividades físicas. É roupa de academia. É roupa para fazer caminhada. Logo, NÃO é roupa para ir ao supermercado, à aula aos sábados, à casa da vovó, ao churrasco ou coisas assim.

PITACO DA MARI: perceba como a terceira foto está mais adequada a ambientes fora da academia simplesmente trocando o tipo de tênis (veja a segunda dica)…

2. Tênis emborrachado

Segundo, tênis emborrachado é calcado para academia, segue os mesmos critérios da legging. Já que você ama tênis, não vive sem, opte por sapatênis, converse e alguns modelos menos emborrachados (mais sequinhos).

3. Cós muito baixo

Calça de cós baixo, mostrando o “cofrinho” é FEIO, é VULGAR e é DESLEIXO, portanto, meninas, tenham cuidado! Tudo bem que a gente leva na brincadeira, mas é constrangedor perceber um homem olhando para o seu cofrinho (e eles olham mesmo)! Portanto, não adianta ficar batendo boca com os marmanjos de plantão, ok?!

4. Calça muito comprida

Ao comprar uma calça e perceber que ficou comprida, peça para fazer a bainha, mesmo que seja jeans. Algumas lojas dispõem de serviços de “pequenos ajustes”. Não dispense, mesmo que seja para pagar R$10,00 ou R$ 15,00 a mais. Usar calça sobrando, compromete sua imagem, passa a impressão de pessoa desleixada, compromete a elegância, a altura (postura), além do risco de sofrer um acidente (tropeçar no salto).

PITACO DA MARI: Se não puder fazer a barra imediatamente, vale dar uma dobrinha, mas tem que caprichar, pra ficar bonito e estiloso.

5. Camiseta muito justa

As camisetinhas de malha com algodão são muito gostosas de usar, geralmente temos muitas. Tenha cuidado para não comprar um número menor que o seu, pois a tendência é que, com o movimento, a malha suba e deixe a barriguinha de fora. Isso não fica bom! Opte por camisas ou camisetas do seu tamanho e que valorize seus pontos fortes. Ao contrário do que muita gente pensa, usar roupas menores não te faz parecer mais magra. Muito pelo contrário!

Para facilitar a comunicação, fiz umas fotos com uma modelo que tem o corpo muito comum entre as brasileiras (culote, bumbum farto e alguns pneuzinhos). Acho que vocês não  conheçam ninguém com esse biotipo, não é?!

Ah! Antes que pensem, não tenho o corpo perfeito. Não tirei fotos comigo mesma, porque sou  sou muito magra e pequena, as fotos não teriam o mesmo efeito.

Garotas, espero que tenham gostado das dicas. Eu imagino que vocês também têm algo a acrescentar, portanto, compartilhe!

Grande beijo e boa semana.

Anúncios

Deixe sua dica ou opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s