Sobre blogs, publicidade e imprensa…

Eu não queria entrar nesse mérito. Juro. Sempre acho estas polêmicas na web tão efêmeras que, quando eu formo minha opinião, o burburinho já acabou… O grande problema é que o fato é grave demais pra passar em branco, absurdo demais pra ficar impune e inconsequente demais pra não nos darmos ao trabalho de discutir.

O caso foi o seguinte:

Como todo ano, o blog Garotas Estúpidas promoveu um evento de liquidação em sua cidade, Recife, com marcas como Farm, Schutz, Accessorize e Forum, entre outras, oferecendo produtos com até 80% de desconto, além de promover desfiles, atrações musicais e espaço gourmet. Até aí tudo bem. Aí, no dia do evento, pipocam queixas da falta de organização e estrutura do evento, que cobrava R$15,00 pela entrada. O tumulto e procura foram tantos que algumas marcas anunciaram que os produtos se esgotaram nas primeiras 3 horas de evento. Até aí, ainda, tudo bem, né? Convenhamos,  é muito comum este tipo de “feira” de poucos dias com preços promocionais, esta, neste caso, foi direcionada a classes mais abastadas. É muito comum também que elas não sejam um primor em organização e conforto, mas nós, pobres mortais, estamos acostumados com isso.

Não me lembro, no entanto, de ver uma feira deste tipo para a qual a prefeitura da cidade em que se realiza disponibiliza uma verba de R$200 mil (MIL) pra sua organização. Pois é, no dia 04/10, a Blogueira Shame fez a denúncia junto com João Varela no blog Trilhos Urbanos. No mesmo dia, a Prefeitura se pronunciou e, no dia seguinte, o próprio Garotas Estúpidas fez um post explicando que a verba tinha o objetivo de fomentar o “mercado da economia criativa” de Recife, no espaço “Ocupação Modacultural”, dentro do evento.

Parem pra pensar: você é uma empresa, paga R$200mil pra determinados produtos estarem numa feira e seus produtos não são sequer mencionados nas peças de divulgação do evento? Ainda que seus produtos não apareçam, você vai querer ver sua marquinha lá nas peças, né? O que foi oferecido pelos R$200mil? Um post no blog às vésperas do evento? Isto é fomento? Que retorno publicitário estes “artistas” e a própria prefeitura teve? Eu não acho errado este tipo de evento receber verba pública, mas, cadê a contrapartida? Já que não teve licitação, que tivesse, pelo menos, alguma divulgação de resultados, pra que o povo de Recife saiba pra onde está indo seu dinheiro!!

Aí, quando você acha que a história já estava muito mal contada, o advogado da empresa que organizou o evento enviou uma notificação extrajudicial pra a Priscila Rezende (Blogueira Shame), solicitando a exclusão de textos, notícias e imagens do evento, uma afronta à liberdade de imprensa, uma vez que os fatos relatados foram documentados e, em nenhum post, havia indícios de injúria, calúnia ou difamação. Quer dizer então que a explicação que os organizadores do evento dão é um “cala boca”?

Esse tipo de coisa desestimula muito entrar nesse meio, ainda que meu espaço ainda seja pequenininho, meu blog ainda seja um bebê e eu não pretenda fazer disso um negócio. Resumindo, este post foi mais um desabafo e uma vontade de gritar o que está acontecendo, já que não vi muitos comentários a respeito… Se liga, minha gente, esse negócio de blog, nem sempre é “coisa de amiga”…

UPDATE: Quero deixar claro que não sou contra a existência de verbas de fomento cultural, mas não recebemos ainda uma explicação da organização do evento relacionando o caminho desta verba e a contrapartida. Ainda que o caminho tenha sido lícito, reservo-me o direito de questionar toda e qualquer transação com dinheiro público e, ainda, de não concordar com as mesmas, direito que exerço nas urnas, a cada eleição. Cabe esclarecer que não tenho NADA contra o blog em questão nem o fato de os blogs de moda terem virado um negócio lucrativo para seus idealizadores, mas acho que, quando perdermos a coragem de questionar, acabou a democracia…

Beijão,

mari

Anúncios

4 comentários sobre “Sobre blogs, publicidade e imprensa…

    • Pois é, e a única coisa que precisavam é justificar a verba, só isso, mas preferem ficar se esquivando e evitando as cobranças (devidas) da população…
      Beijão!

      Responder

Deixe sua dica ou opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s