Nova tag: #voucasar E agora?

Domingão… Resolvi aproveitar o final de semana pra falar de um assunto que eu gosto muito: casamento! Como sempre me chegam dúvidas de amigos sobre o assunto e, como percebo que há todo um interesse em torno do tema, resolvi criar a tag #voucasar, para falar sobre isso, que irá ao ar todo domingo…

Sou casada. Casei em 09/04/2011, numa cerimônia linda, simplesmente perfeita, do jeitinho que eu imaginei… Dei sorte? Acredito que sim. Mas também acredito que ajudei bastante a sorte, organizando tudo com calma e, sobretudo, mantendo o controle de tudo até a chegada do grande dia! Quem me conhece sabe o quanto sou estressada, fico nervosa com tudo e a minha primeira reação aos problemas é o choro (shame on me!), mas, na época, arrumei forças Deus sabe de onde pra manter a cabeça no lugar… Houve erros? Claro, mas não dá pra esperar perfeição de tudo e, mesmo os erros deixaram um legado: a experiência…

Pensando nisso, quero usar este espaço também para dividir minha experiência, mostrando passo a passo como organizei meu casamento, como fiz as coisas funcionarem. Se alguma única noivinha puder aproveitar minhas dicas, já fico felizona! Grande parte das dicas poderão ser aproveitadas na organização de outras festas, então, enjoy!

Pra começar, queria falar do que vem antes de pensar em organizar o casamento: a decisão. Esta é uma daquelas decisões que devem ser tomadas com bastante cautela. Amor, só, não mantém um casamento. A convivência é o fator que torna tudo mais difícil. E não adianta dizer “ah, mas nós ‘praticamente’ moramos juntos, eu estou sempre na casa dele ou ele na minha”. Esta frase é tão, tão comum e tão, tão errada… Conviver intensamente é diferente de morar junto, que também é diferente de estar casado. Passei pelas três situações e aprendi que faz muita diferença ter sua própria casa, pra onde você pode ir quando quer ficar só, onde tudo tem a sua cara, tudo é arrumado do seu jeito, onde o quarto é só seu e você decora como quer, usa todo o guarda-roupa com suas coisas, onde você se dá ao luxo de fazer o que “você faz quando ninguém te vê fazendo”…

Acho muito lindo aquele pedido romântico, em que o(a) namorado(a) faz AQUELA surpresa pra fazer o pedido e o outro, claro, diz sim. Nessa hora, amiga, tem que dizer sim mesmo, pra não perder o momento! Depois, com calma, conversem sobre isto, pra ver se é realmente a coisa certa a fazer. Penso que as pessoas que fazem este tipo de pedido já sabem a resposta, não consigo imaginar um casal de namorados que NUNCA falou em casamento passar por uma situação dessas, mas vai saber… O meu “pedido”, infelizmente, não foi assim. Foi estranhíssimo. Chegamos a um “acordo” de que deveríamos casar, depois fomos ao shopping, compramos duas alianças baratinhas, fizemos um lanche e voltamos pra casa pra “noivar”, com o testemunho da nossa madrinha @pattyfaversani via MSN… Mesmo assim, foi uma decisão bem tomada, conversamos muito antes de levar tudo adiante, tornar a coisa mais séria…

O pedido de casamento não depende da idade, do grau de instrução, da condição financeira dos noivos. Claro que tudo isto é importante, mas hoje cheguei à conclusão o mais importante neste tipo de decisão é a maturidade, tanto dos noivos quanto do relacionamento… Não adianta querer casar pra controlar o outro, nem pra ter mais oportunidades de ficar junto, nem pra sair da casa dos pais, nem pra se deixar levar pelo momento, muito menos só pra assumir um filho. Casar pelos motivos errados provavelmente é a maior causa do fracasso nos casamentos.

Casamento, pra mim, significa construir um projeto, escolher um objetivo em comum e trabalhar juntos pra chegar lá. Não é fácil. Mas a recompensa pelos nossos esforços vale (muito) a pena!

Gostaram? Agora mandem suas dúvidas com as tags #voucasar #marisanta para o twitter, facebook ou instagram, ou, ainda, comentem aqui no blog ou na nossa página do facebook. Tudo o que eu não souber, vou pesquisar pra você e será respondido aqui no blog!

Beijos,

Anúncios

2 comentários sobre “Nova tag: #voucasar E agora?

  1. Adoreeeeiiiiii a tag nova, achei minha cara! Vou casar em fevereiro e estou no meio de toda essa organização de festa, apartamento, lua de mel…

    Eu e meu noivo também resolvemos juntos que íamos casar, mas depois teve surpresa e pedido de joelhos.

    Beijos!

    Responder

Deixe sua dica ou opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s